Translate

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Era de Aquário

Eu sinceramente não entendo bem desse negócio de signos, era de aquário, etc. Entender alguma coisa envolve o estudo daquela coisa e eu, como sempre, preguiçoso, lânguido muitas vezes, outras tenaz, obsessivo por terminar um trabalho e, jogar-me para admira-lo pronto, o trabalho, estudando os resultados, extraindo deles, a essência, uma essência cabal, que projete todas as possibilidades vindas do trabalho realizado e os vetores do tal trabalho, não consigo me dedicar, por exemplo a estudar signos, a mandala, acho eu. Isto me tomaria um tempo, com certeza fascinante, mas, diferente da minha natureza de interesses. Percebo sim que saímos da era de peixes e que certa consciência nova paira sobre a humanidade, trazendo com ela, inclusive grande confusão pelas drogas, mas que entrará em declínio, suponho, para prevalecer a grande era de Aquário, anunciada, muito anunciada pelo movimento Hippie lá pelos anos 70 maravilhosos. Minha simpatia pela era de aquário é sem dúvida grande e esperada - curiosa por viver o máximo nesta era e, confirmar belezas anunciadas, uma vez que sou escravo do belo, das formas.
É preciso reparar toda uma preparação da nova era - entender que algo de diferente paira no ar, anunciado na peça Hair, seu som maravilhoso. Tudo do movimento fez parte da preparação do que está por vir e como sempre, nada é por acaso, onde por exemplo, as vidas de hoje, do momento, fazem parte de um grande ajuste humano no universo, preparação para encontro com o portal da consciência plena, onde estará liberado o funcionamento cerebral completo. Um abraço.   

Nenhum comentário:

Postar um comentário