Translate

terça-feira, 5 de junho de 2012

Isto é Mais Uma Arengação Urgente

Voltando para casa após atender um chamado da irmã da minha mulher, notei que ela se recostava no banco do carro massageando a nuca e, perguntei: Você está com dor na nuca? Estou, ela respondeu. Era noite, por volta de 21.30 hs. Eu disse então: Vamos ao PA. Ela não quis. Diminuí a velocidade do carro instintivamente e com isto, acho eu, imagino isto pois não poderia ser outra coisa, depois de alguns instantes, um carro entrou na frente do nosso e parou. Parou porque o sinal fechou, mas ele parou antes da faixa de pedestres, depois de ter cortado o nosso carro, centrando-se no meio da via bloqueando nossa passagem. Eu, por instinto entrei pelo lado que me sobrou pensando na nossa segurança naquele horário. Ao emparelhar com a janela do carona do tal carro, a mesma se abriu e o sujeito foi logo dizendo __ Sabe quem sou eu? Sabe com quem você está falando? Eu respondi que não sabia. Neste momento ele se esticou em direção a janela, dando a impressão de que abria o porta luvas do seu carro. Ele falava comigo e ao mesmo tempo que mantinha o celular no ouvido. Tentei andar um pouco mais e ele me acompanhou e eu então parei. Parei e quando o sinal abriu ele andou e parou no acostamento a seguir - uns 50 mts à frente. Eu então prossegui a minha viagem. Minha mulher que já não estava bem precisou manter-se calma, porque eu, aos 63 anos de idade mal consegui chegar em casa com o carro. A idade, queira ou não, nos faz achar que é melhor um covarde vivo do que um herói morto. Quilômetros a frente, o carro passou por nós em alta velocidade e imaginei que alguma coisa fosse acontecer. Esta narrativa tem a intenção de deixar claro que um sujeito, importante ou não de Guarapari ou região, se acha acima da lei e da ordem, sugerindo-me uma psicopatia a mais no trânsito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário