Translate

sexta-feira, 6 de julho de 2012

Sala de Espera

Ou seca os ovos ou seca o bolso. O médico fora conclusivo e não deixou opção para nenhum plano B. Não sou eu ainda esse paciente e se fosse, diria. Nosso amigo, posto nesta situação de escolha, optou por secar os ovos, aceitar que seu sexo seria aposentado. O remédio para "contornar?" o problema, lhe custaria no mínimo um salário e meio por mês e, sem garantia maior de que seria melhor do que a cirurgia definitiva, o que diante da nefasta doença, câncer, facilitar é sempre temeridade.
Homem nenhum aceita ser excluído sem mais nem menos da fantasia de uma transa, ainda que esteja com 100 anos. Com a idade, o negócio cai mesmo, mas o macho sempre acha que é falta de algo novo, novo sonho, novo... amor, atração por uma flor azul, nascida na ponta de uma pedra... difícil de alcançar. Não aceita que sua flor é que murchou, não dá mais no couro e passa mesmo a esperar um milagre, que lhe dê pelo menos mais uma transa qualquer, que o deixe, pelo menos, viajar e pensar sobre àquela transa imaginada ao longo da vida e que nunca realizara.

2 comentários:

  1. Bom dia caro amigo
    esta coluna ainda não recebeu nuenhum comentário, não por esta fresquinha e sim por estarem todos Brocha.
    A verdade quando não é ilária ela machuca.

    ResponderExcluir
  2. Senhor anønimo,

    nenhuma verdade é ilária quando nao machuca. Todas elas machucam e todas elas sao, ao mesmo tempo, ilárias!..Depende apenas do lugar em que voce se encontra.

    Difícil mesmo é ser voce, pai. Seu texto "mata a cobra e mostra a arma". Assume os risco mostrando a cara. Ich liebe dich.

    ResponderExcluir