Translate

terça-feira, 7 de agosto de 2012

Ser Macho por ser

Hoje os dias não exigem mais um homem com H maiúsculo. Exigem até outras coisas curiosas, mas não que o homem seja hétero, o que o identifica como normal. O que é normal porém, vai tomando outras vias de entendimento e, já não se sabe mais com quem se está falando, quando se pensa na preferência sexual do indivíduo.
Fui criado num sistema tradicional, mineiro, onde meninos deviam casar e ter uma família com no mínimo 3 filhos. Meninas idem e hoje, assisto uma mudança radical de costumes, onde dois homens andando juntos numa calçada por exemplo, podem muito bem serem namorados e mais, beijando-se dois homens, para mim, sinceramente preciso digerir mais devagar.
Quando tudo isto se normalizar, homem vivendo com homem, diminuindo drasticamente a disponibilidade de homens para viverem com as mulheres, o prejuizo maior será o delas, das mulheres. Isto, pelo jeito, acontecerá muito rápido e de modo definitivo. Mulheres no mundo moderno ficaram muito complicadas, com valores próprios e justos,... No entando, voltando os olhos para a natureza, onde o leão é aquele preguiçoso presunçoso que ruge e depois tudo é fita, exatamente como homem moderno, igual ao antigo, deixa ganhar a relação gay, mais descontraida talvez, com definições novas a respeito do tipo de alimentação - sem umbigo no fogão, com preferencias mais repeitadas por um e por outro, justamente pela igualdade de certos padrões, que fogem, na linha da convivencia de um homem e uma mulher. Acreditem! Mulheres tem uma biodiversidade muito diferente da dos homens. Param em vitrines, esperam pacientemente em filas, choram porque filhos se esquecem das datas de aniversários, Precisam de uma maquiagem para sair de casa, detestam a roupa comprada ontem, usam, pasme, salto alto e conseguem andar com àquilo em calçadas furadas. Mulher é outro bicho, diferente do homem macho, esculhambado, de chinelos de dedos, que se senta em bares, botequim, venerável instituição brasileira.
A mulher é tão linda e complicada, que justamente uma possível grande intuição masculina, se é que já houve um dia, fez da mulher, um ser submisso, oprimido e, que agora, conseguiu ressurgir. Ressurgir para onde?

5 comentários:

  1. Alfredo... ser gay também é ser normal. Ainda bem que as pessoas hoje têm mais liberdade para ser quem são. Mas veja... nem todo macho precisa ser esculhambado ou frequentar bar!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fernanda: Fiz com essa postagem, alguma polêmica apenas com a intenção de experimentar. Longe de mim ser contra gays. Pelo contrário, penso que a liberdade em todos os sentidos é o único caminho para a humanidade.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  2. Ser hétero, ser gay, ser bissexual ou seja lá o que for...(o Serguei se diz panssexual... rs)é uma decisão sábia da natureza idem. Ninguem escolhe a cor do seu desejo. A gente mal se dá conta dela, quando temos tesão, naturalmente.A pessoa é para o que nasce, não só no desejo, como na cor, na altura, na inteligência, na nacionalidade y otras cositas más. Se a natureza resolver aumentar o número de homens gays, sabiamente ela aumentará o número de mulheres lésbicas, afinal, sabedoria é com ela mesma, né não? E entre a caça e o caçador vence sempre a natureza, na sua eternidade constituída.
    Marcos Lúcio

    ResponderExcluir
  3. Mais do que ser macho ou não ser, fiquei mais entusiasta de seus comentários Marcos Lúcio, depois da sua reflexão sobre outro fato. O fato ocorrido com a Fernanda em sua postagem = Apareceu aqui um senhor de terno azul querendo ir ao banheiro.
    De vez em quando somos testados e a nossa graduação no livro do tempo acaba recebendo um comentário também e este, de ninguém menos que o Dele - Nosso Criador. A Fernanda não precisa se preocupar, pois seu coração se mobilizou com um pequeno atraso mas se mobilizou e é o que importa. Penso, sinceramente, desse jeito.

    ResponderExcluir