Translate

domingo, 9 de setembro de 2012

Fulaninha

Na minha terra, mulher que namora muito, fica atrás de homem rico, jogador de futebol e marido de rival precisa se recompor o mais depressa possível. Precisa de vergonha, precisa pensar mais nos pais, precisa confiar mais em Deus.

Não estou aqui para questionar ninguém, julgar ninguém. Tanto é verdade que comento a respeito do assunto e já me esquecendo do nome da figura em questão, que de fato, importa muito pouco. Não importa para ninguém, alguém cujos dotes físicos são os únicos elementos de valor. Valor para homens sem rumo no campo sentimental, homens que procuram nas curvas de mulher, qualquer mulher, uma noite imbecil e sem nenhuma outra coisa que não seja gozar por gozar. Menos prejuízo seria uma masturbada.

Tais homens acreditam que chegar com uma mulher bonita num lugar, lhes darão status, inveja dos amigos, se é que têm algum amigo. Difícil mesmo saber de amizade quando amigo é como ele próprio, inimigo de si mesmo, sem escrúpulo e caçador de vantagens. Predador - é um termo imbecil para uma vida imbecil e que deve continuar imbecil, uma vez que para tais indivíduos, só a imbecilidade faz algum sentido.

Eu gostaria mesmo é de viver como vivo hoje por muito mais tempo,... Não sem a noção do perigo, não sem a necessidade de controlar o que como "comida ta", para não entupir as veias, não sem pensar na caminhada que não consigo dar. Tudo isto, para continuar tendo o prazer de viver, sentir o vento, a brisa e mirar o mar,... Escrever o que me der na telha, além de falar muito, quando sentir vontade e ter quem ouça, se interesse e retruque, dando ao dia, ou ao meio da noite, contornos de inteligência a viada vida,... Como ela é. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário