Translate

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Meu avô


Elegância não está apenas no gênero. Pode estar nos fins.
Meu avô falava 7 línguas e estudava todas as noites em sua sala de leituras. Era simples com homens e complicado demais para si mesmo. Digo isto por intuição e pela soma do que ouvi falar dele. Sua vanguarda era pessoal, não há dividia com ninguém e criou de modo que um dia, encontrando um dos meus conhecidos da cidade de Baixo Guandu - ES; em Vitória - ES;  perguntei se ele tinha ido recentemente a Baixo Guandu. Sua resposta foi um sorriso e depois disse: Baixo Guandu sem o seu avô não existe para mim. Ele foi a consciência daquele lugar e o pior é que hoje em dia, a política o desmerece e o desconhece, botando como galinhas, outras galinhas em seu lugar. __ Não me interesso mais pelo lugar! Disse ele. 


Esta é a foto da usina de luz que ele construiu so$zin$ho, com a esperança de obter recursos que nunca chegaram.  




Minha tia Margaret conta que meu avô foi categórico ao ver o projeto da ponte: Vai ser levada pelo rio.



Esta é a foto do dia em que a ponte foi levada.


  


Um comentário: