Translate

terça-feira, 18 de setembro de 2012

Ucrânia e Urucânia

Meu blog recebeu uma visita da Ucrânia e eu, fatalmente relaciono os nomes, pois numa determinada época, convivi e trabalhei num lugar do Rio de Janeiro - Santa Cruz, que tem um dos bairros anexos chamado Urucânia. O meu caminho para pegar o trem da central, era encurtado se fosse feito por vielas existentes por dentro de uma favela enorme que era ponta, parte final de um conglomerado de favelas, cuja visita pode ser feita pelo Mapas do Google. Tal caminho era pontuado por 'biroscas' onde se podia tomar um trago a cada cem, duzentos passos e, era o que eu fazia de vez em quando. Minha vida naquele tempo estava meio tempestiva, misturada a um trabalho que me prendia ao lugar. Viajar no trem da central uma hora e meia para chegar na central era tortura demais para mim e por isto, ficava por la mesmo, morando por perto do tal trabalho e com isto, estudando em loco, a vida batida na cultura de um liquidificar muito louco onde o moderno mistura-se com a falta de estrutura econômica e social, regiamente administrado pelo horário das novelas globais. No mais, as casas de alvenaria eram admiradas, por não serem de tábuas e tais casas nem sempre eram rebocadas e pintadas. Ficavam nos tijolos aparentes e quase sempre, visivelmente colocados por quem jamais foi responsável por obra nenhuma, dado os desníveis das obras. Portas tortas e janelas caindo, eram muitas. Tudo isto acontece devido as vidas apressadas em ganhar o pão de cada dia, com fins de semana cheios de uma ilusão prática alimentada pela cerveja e pelo sagrado futebol. Continua